X Encontro Nacional COMJOVEM reuniu as diversas gerações do TRC

O X Encontro Nacional COMJOVEM, que aconteceu de 9 a 12 de novembro, superou todas as expectativas. Foram quatro dias de debates, reflexões e integração entre os jovens empresários e os líderes das entidades de todo o Brasil. Esta edição, que comemorou os 10 anos da COMJOVEM Nacional, teve adesão recorde se comparado aos demais anos, e contou com o patrocínio de Autotrac, Cantu Pneus, Iveco, Man Latin America, Mercedes-Benz, Petrobras, Sascar, Scania, Trade Vale e Top Doctors  e organização de DBA&C Associados.

Flávio Benatti, presidente da FETCESP, entidade anfitriã, e patrono da COMJOVEM Nacional, foi muito feliz ao dizer que “nada dura uma década se não for bom, se não trouxer em sua essência motivação e comprometimento”. Já José Hélio Fernandes, presidente da NTC&Logística, ressaltou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela coordenadora, Ana Carolina Jarrouge, junto aos jovens empresários.

Ana apresentou os resultados obtidos pelos núcleos da COMJOVEM e mostrou a evolução dos últimos anos. “Muitos não acreditavam que seguiríamos em frente. Hoje estamos aqui para provar o contrário e fazer história. Está provado e comprovado que a COMJOVEM cresceu, amadureceu, se consolidou e vem trazendo resultados”.

 

Premiações e homenagens

Carolina e seus vice-coordenadores, André de Simone e Antônio Ruyz, premiaram os núcleos que atingiram as metas estipuladas no ano. Foram eles: ABC, Araraquara, Belo Horizonte e região Metropolitana, Campinas e Região Metropolitana, Cascavel, Curitiba e Região Metropolitana, Espirito Santo, Joinville, Maringá, Porto Alegre, Porto Ferreira, Rio de Janeiro, São Paulo, Sorocaba, Vale do Paraíba.

Na categoria artigo, o prêmio ficou para a COMJOVEM de São Paulo. O autor, Evandro Ferrari, ganhou com o artigo “Sobrevivendo em tempos de crise”. Já na categoria Destaque, São Paulo também foi o núcleo contemplado.

Os patrocinadores também foram homenageados.

A coordenação Nacional reconheceu pessoas que tiveram influência direta e decisiva para que essa fase da COMJOVEM pudesse acontecer e ser o sucesso que representa. Nesse momento, Urubatan Helou, Franciso Pelucio, José Hélio Fernandes, Flavio Benatti, André Ferreira, Roberto Mira Junior, Tayguara Helou , Baldomero Netp, Roberta Fiorot, Alexandre Aires Ribeiro, Antonio Tiburcio Neto e Ana Carolina Jarrouge receberam seus troféus.

 

Lançamento do livro COMJOVEM. Um case nota 10

Atualmente, a Comissão de Jovens Empresários do Transporte Rodoviário de Cargas (COMJOVEM) é formada por 24 núcleos com representantes de todas as regiões do Brasil. Só em 2017, esses jovens fizeram mais de 70 visitas técnicas, promoveram 50 ações sociais e redigiram 39 artigos técnicos.

Em 10 anos de existência, a COMJOVEM Nacional já passou por diversas fases, formatos e esse ano comemora os números citados acima. A história virou livro: COMJOVEM Nacional – Um case nota 10, que foi lançado durante a cerimônia de abertura do X Encontro Nacional da COMJOVEM.

“Eu vivi e sou testemunha ocular de toda essa história. Foi uma honra poder escrever esse livro e deixar registrada essa trajetória de sucesso”, afirmou Dimas Barbosa Araujo, autor do livro.

O livro, que está disponível gratuitamente no site www.comjovemnacional.com.br,  traz o relato das lideranças do setor e dos próprios jovens empresários sobre a criação da Comissão e os caminhos trilhados nesses 10 anos.

 

Palestras

O que é bom fica guardado na memória e deixa um gostinho de “quero mais”. E por acreditar nessa premissa, a coordenação da COMJOVEM Nacional, em parceria com a DBA&C Associados, levou para o X Encontro Nacional da COMJOVEM as quatro palestras que mais fizeram sucesso entre os participantes das edições anteriores.

A primeira foi com Paulo Storani, o ex-capitão do BOPE que serviu de inspiração para o personagem Capitão Nascimento do filme Tropa de Elite, interpretado pelo ator Wagner Moura. Storani fez uma análise da alta performance no contexto da realidade brasileira e afirmou que o brasileiro não foi preparado para a alta performance, ele sempre espera que outra pessoa faça as suas funções. Ele também comentou sobre a importância da família e da escola na formação das crianças e sobre a inversão de valores que vem acontecendo hoje. “Fazer o certo hoje deixou de ter valor. Nós brigamos com nossos filhos quando fazem algo errado, mas quando tomam uma atitude acertada dizemos: você não fez mais do que a sua obrigação”.

E, como de costume, fez uma provocação à plateia perguntando qual era a missão de cada um. “Missão tem que ter relevância para você, senão não conseguirá cumprí-la. Daí surgiu a expressão “missão dada é missão cumprida”. A responsabilidade da COMJOVEM é dar continuidade ao que começou lá atrás e fazer sempre melhor”.

Arthur Moledo do Val e Kim Kataguiri entraram em seguida para abordar o tema “Cenário atual da política e o futuro de nosso País”. Arthur ganhou grande visibilidade quando começou a frequentar os protestos e eventos petistas fazendo perguntas simples, mostrando que os manifestantes não faziam a menor ideia do que estavam falando e defendendo. Já Kim é fundador e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), escreve para o HuffPost e é comentarista da rádio ABC. Perfis diferentes e complementares que enriqueceram o debate no X Encontro Nacional COMJOVEM.

Eles mostraram suas ideias e forma de pensar a política e promoveram uma reflexão entre os participantes.

No último dia do Encontro, Clovis Tavares e o Dr. Malcom Montgomery apresentaram duas palestras. De forma inusitada e divertida, Clovis mostrou à plateia o que está acontecendo no mundo de hoje, as inovações que estão por vir, o tempo que está cada vez mais curto, a resiliência e o pensar fora da caixa. Já de início, ele surpreendeu chegando acompanhado de um drone – fez todo sentido sendo o tema da palestra inovação.

Já o Dr. Malcom foi pelo caminho da emoção e, de fato, emocionou a plateia com seus relatos, suas músicas, seu jeito de falar. A palestra “Paixão, Poesia e Êxtase” trabalha a paixão como instrumento motivacional que conduz a vida. Paixão pela vida, pelo trabalho, pelas metas, pessoas e a si mesmo. Enquanto passavam os slides com ilustrações e vídeos, Dr. Malcom, junto com seu violão e acompanhado de uma banda, cantou canções referentes ao tema da palestra. Ele construiu uma viagem musical onde procurou descobrir as paixões escondidas de cada um. São músicas de conhecimento público: de Toquinho a Beatles, passo a passo a palestra foi se moldando junto ao conjunto de imagens criadas e clipadas especialmente para estimular o crescimento motivacional e a paixão pessoal, paixão pela vida e pelo trabalho.